9 de abril de 2010

Voar se eu quiser!

As vezes eu faço
o que tenho que fazer
As vezes eu faço o melhor pra você
E as vezes eu escondo
o que eu quero dizer.

E quando gosto
de alguém que
quero bem comigo,
eu me escondo
e não digo.

É bom você se acostumar,
eu ajo no silêncio instintivo.

Não sou ameaça,
muito menos perigo.
Se você quiser
podemos ser apenas amigos.
Se quiser fugir comigo,
podemos ser apenas fugitivos.

Eu te descubro
em apenas uma pergunta
Um esbarro pequeno,
uma conversa curta.

Eu nem te vejo e sei quem é.
Eu te invento e esquento
o meu próprio frio
quando eu
quiser!

Por que você
não esta aqui agora,
me abraçando
e ignorando as horas?

O tempo esta correndo
atrás do nosso silêncio,
perguntando:
por que eu não te alcanço,
se você só esta caminhando?

2 comentários:

  1. Finalmente parei pra ler.Eu gostei,esse ultimo mesmo,que bunitinhu *-*

    Continua postando ;*

    ResponderExcluir
  2. nossa, muitoooooooo bom :D

    ResponderExcluir